É importante que tu saibas (o mais simples)

É importante que tu saibas
Tenho medo das estrofes, das cidades, dos sonhos
Das casas abandonadas, das sirenes, das equações
Mas já não tenho mais medo de amar
Sentamos juntos um dia e eu te disse um mundo com meu silêncio
E continentes com minhas palavras
Mas me faltou dizer o mais simples

Tenho medo dos outros e do único que não é outro e mesmo por ti
Que já não sei mais o que és, tenho medo
Como tenho medo de outras coisas tantas
Mas de te amar, não
Contei estrelas e percebí que sempre faltava uma
Ví todas as coisas incorrigíveis como o envelhecimento
Ou inadiáveis como a morte
Só que o mais simples eu não disse

O que eu fui de medroso passou hoje
Já não me importo em te perder, ou me perder em ti
A coragem esteve assobiando próxima à minha orelha
Nossa história inacabada, pouco começada de amor
Eu recordei pela manhã que a esperança é um dom humano
E o mais simples, ainda estou por dizer

Onde existia medo, existe amor
Onde existia amor, nunca deixará de existir
Só com isso meus olhos podem ver mais claramente
E meus ouvidos podem esperar ansiosos
O que te direi

Não me sinto mais antecipado, nem estou mais tão cauteloso
Se medí pela razão o que era sentimento
Eu estava sendo injusto e impróprio
Se me neguei a dar nomes a isso
O que há de mais bonito, sincero, ingênuo e incapturável pela mente
Isso é mesmo inominável
Mas não tenho mais medo e te direi
O mais simples é que eu te amo

Teles Maciel
Anúncios

2 thoughts on “É importante que tu saibas (o mais simples)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s