Aquele que é proprietário de tudo
E não ama
Tudo lhe falta
Mas aquele que não é proprietário de nada
Porém verdadeiramente ama
Para este não falta nada
Mesmo uma represa de alegrias
É uma represa triste
As coisas que se estagnam
Fazem mal ao coração

Aprenda a viver como o rio
Deixe a flor onde a encontrou
E reconheça a beleza de tudo
Na beleza da flor

Teles Maciel

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s