É proibido ser gente nesta cidade

(Dedicado à população do Pinheirinho)

Esta cidade é nosso lar
E hoje nosso lar amanheceu em chamas
Como se não fosse domingo
Entraram por suas casas
Demoliram suas casas
Como se não fossem gente

Na pequena igreja daquele bairro
Já não havia missa
Foi também o Cristo desalojado
E posto à rua com os outros pobres

E os supostos líderes esperavam
que estas pessoas, pobres em tudo
Fossem também, como eles
Pobres em coragem
Em vão!

Foram expulsos pelos ratos
E irão dormir na lama
Mas não se tornaram ratos
como os covardes deste município

Mulheres, crianças, trabalhadores
Moradores, com empregos e desempregos
com sonhos, com seus erros e sua coragem
É deles a minha fraternidade

Hoje não se cumpriu a justiça
Amanhã aquela terra estará vazia
Seu único habitante: o capital

É proibido ser gente nesta cidade

Teles Maciel

Anúncios

4 thoughts on “É proibido ser gente nesta cidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s