Se tu queres me chamar de Amor

Se tu queres me chamar de Amor
Façamos por merecer a nomenclatura
Sejamos por merecer dois seres dignos
Do amor neste vocativo subentendido

Me deixa beijar novamente as tuas pernas
Me deixa conhecer mais profundamente
o teu sorriso
Me deixa, meu amor, me deixa
Ser pra toda vida teu escolhido

Deixa a tua casa sempre aberta
para que eu entre
E deixa os teus olhos sempre prontos
para que eu os fite
E tua pele mais macia para meu toque
E tuas histórias mais divertidas
pros meus ouvidos

Façamos este amor tão caudaloso
Ser de nossos espíritos o melhor signo
Façamos este amor, façamos
Para que tenhamos o próprio amor
Pelo qual nos nomeamos

Se tu queres me chamar de Amor
Me chama de amor como ninguém mais pode
Não terão mais serventia nossos nomes
Não terão mais utilidade outros apelidos

Que seja tudo ridículo
Me chama então de amor sem substantivo
Para que eu seja teu amante, teu amigo
Como as flores chamam de amor
A primavera em seu florescer irrestrito

Jota Teles

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s