Sp invisível

Sp invisível
Eu parado num canto
Engolindo o pranto
Esperando passar

As horas, os dias
As semanas, as filas
Essa gente mesquinha
a me desdenhar

Sou pacato, tranquilo
Bebo meu passatempo
caso a noite o tormento
Eu não aguentar

São passadas novelas
guarda-chuvas e janelas
Passarelas ou vielas
onde vou me enfiar

E na noite tão fria
não tão quanto de dia
Eu me aqueço num canto
e não me esqueço do canto
Para não mais chorar

Essa é uma singela homenagem à página https://www.facebook.com/spinvisivel

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s